Dólar sobe cerca de 1% ante real com aversão ao risco global diante de temores comerciais – Notícias


Por Claudia Violante

SÃO PAULO (Reuters) – O dólar operava com alta firme ante o real nesta terça-feira, diante do recrudescimento das tensões comerciais entre Estados Unidos e China após nova ameaça de mais tarifas comerciais pelo presidente norte-americano, Donald Trump, e retaliação de Pequim.

Às 10:00, o dólar avançava 0,96 por cento, a 3,7758 reais na venda, depois de terminar a véspera em alta de 0,27 por cento, a 3,74 reais.

Na máxima, a moeda subiu 1,22 por cento, a 3,7855 reais, logo após a abertura. O dólar futuro tinha elevação de cerca de 0,75 por cento.

“A China teria de impor tarifas sobre tudo o que comprasse dos EUA para manter essa resposta na mesma medida. Mas ela tem outras ferramentas que poderia usar, incluindo pressionar diretamente as empresas norte-americanas que operam na China”, afirmou a empresa de pesquisas macroeconômicas Capital Economics (CE) em relatório.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ameaçou impor tarifa de 10 por cento sobre 200 bilhões em bens chineses e Pequim alertou que irá retaliar, em um rápido agravamento do conflito comercial entre as duas maiores economias do mundo.

O Ministério do Comércio da China disse que Pequim vai reagir com medidas “qualitativas” e “quantitativas” se os EUA publicarem uma lista adicional de tarifas sobre bens chineses.

O aumento da retórica entre os dois países trouxe um forte movimento de aversão ao risco que içou o dólar ante a grande maioria das moedas no exterior, subindo ante a cesta e ante divisas de emergentes, como os pesos chileno e mexicano.

Internamente, o mercado trabalha de olho no exterior mas também sob a expectativa de atuação do Banco Central por meio de swaps cambiais tradicionais –equivalentes à venda futura de dólares.

“Se essa aversão (ao risco) se mostrar exagerada por aqui, o BC deve aproveitar sua comunicação recente e dosar as ofertas de swap de acordo com a necessidade, sendo que – a priori – ainda tem 9 bilhões de dólares dos 10 bilhões de dólares sinalizados para ofertar ao mercado nesta semana”, lembrou a corretora H.Commcor em relatório.

Na véspera, o BC fez apenas um leilão de novos contratos de swap cambial, com 20 mil contratos, injetando 1 bilhão de dólares no sistema. Para esta terça-feira, por ora, ainda não anunciou nenhuma intervenção, apenas a oferta de até 8.800 contratos de swap cambial tradicional para rolagem do vencimento de julho.

(Por Claudia Violante)

Uma batalha em tempo real sobre a arte inútil está se tornando um grande negócio para a Bitcoin



Junte-se a nós

Não leia apenas o conteúdo, envie seu próprio e participe, tornando-se um membro gratuito. Ao se registrar você desbloqueia privilégios especiais reservados para membros como …

  • Envie conteúdo para que outros votem
  • Vote em artigos que lhe interessam
  • Grave seus artigos favoritos no seu perfil
  • Veja sua atividade de voto e comentários do seu perfil

CEO da Western Union não se impressionou ao testar a Ripple e não viu “nenhuma economia real”


A Western Union, o maior serviço de transferência de dinheiro do mundo, acenou no começo do ano quando confirmou que havia feito parceria com a Ripple para conduzir um teste de blockchain envolvendo a criptomoeda XRP.

No entanto, seis meses depois do teste, o CEO da Western Union, Hikmet Ersek, disse que a empresa ainda não viu nenhuma economia de custo real que justifique a revisão de seu sistema para usar XRP para pagamento de pagamentos internacionais.

“Estamos sempre sendo criticados pelo fato de a Western Union não ser eficiente em termos de custos, blá, blá, blá, mas nós não vimos essa parte da eficiência ainda durante nossos testes”, disse Ersek à Fortune. “O problema prático é que ainda é muito caro”, acrescentou ele, sem entrar em detalhes.

Ersek, disse que não queria “acabar” o teste do blockchain e que a Western Union ainda consideraria o uso do XRP como solução se a Ripple pudesse demonstrar uma eficiência real. melhoria em relação ao seu sistema atual.

Sem surpresa, a Ripple discordou desses comentários, e Asheesh Birla – vice-presidente sênior de produtos da empresa – disse à Fortune que não é surpresa que a Western Union não tenha visto uma melhoria tremenda, pois só fez 10 transações usando o XRP.

Western Union só fez 10 transações usando XRP

“Se eles tivessem que aumentar o volume em escala, talvez você visse algo, mas com 10, não é surpresa que eles não estejam vendo economias de custo”, disse Birla. “Eles fazem milhões de transações por mês e não me surpreendo que, com 10 transações, não tenham resultados impressionantes”.

No entanto, Ersek também jogou sombra nas criptomoedas durante suas observações programadas perante o Clube Econômico, dizendo à platéia que as nações “são construídas sobre bandeiras, constituições, fronteiras e moedas” e que nenhuma criptomoeda vai mudar isso.

“Os consumidores nos dizem o que querem”, acrescentou. “As pessoas não estão pagando as contas do hospital em criptos”.

Enquanto isso, a Ripple parece estar recuando de sua previsão ousada de que “dezenas” de bancos bancos adotariam o XRP até 2019, segundo a Reuters.

“Começamos com o blockchain clássico que amamos”, disse Marcus Treacher, vice-presidente sênior de sucesso do cliente da Ripple. “O feedback dos bancos é que você não pode colocar o mundo inteiro em um blockchain”.

Via: CCN.com

11º MEETUP FOXBIT – LIGHTNING NETWORKS (17-04-2018)

A FoxBit, uma das maiores corretoras de Bitcoin do Brasil, estará promovendo seu 11º Meetup em São Paulo, amanhã, dia 17-04-2018. O tema principal da discussão será a tecnologia da…


Dólar cai ante real, de olho no exterior e BC – Notícias


Por Claudia Violante

SÃO PAULO (Reuters) – O dólar recuava ante o real nesta quinta-feira, de olho na trajetória da moeda norte-americana ante outras divisas no exterior e após a decisão do Banco Central Europeu (BCE) de anunciar que vai acabar com seu programa de compras de títulos, mas que isso não significava juros maiores no curto prazo.

A ação do Banco Central brasileiro ajudava no movimento dentro do mercado local.

Às 12:58, o dólar recuava 0,28 por cento, a 3,7034 reais na venda, depois de subir 0,17 por cento na véspera. O dólar futuro tinha queda de cerca de 0,35 por cento.

“O anúncio do BCE de que vai encerrar suas compras de ativos é provavelmente um pouco mais ousado do que os mercados esperavam, mas isso é temperado pela promessa do BCE de manter as taxas de juros por mais de um ano”, escreveu a economista-chefe da empresa de pesquisas macroeconômicas Capital Economics (CE) para Europa, Jennifer McKeown.

O BCE decidiu nessa manhã encerrar o programa de compra de títulos de 2,55 trilhões de euros no final do ano e informou que os juros permaneceriam inalterados até o verão de 2019 (no hemisfério Norte).

De outubro a dezembro, o BCE planeja comprar 15 bilhões de euros em títulos por mês e fechar o esquema no fim de 2018.

A decisão do banco europeu vem um dia depois de o Federal Reserve, banco central norte-americano, ter anunciado que pretende elevar os juros quatro vezes neste ano, ambas decisões com implicações sobre o fluxo global de recursos e impacto sobre países emergentes, como o Brasil.

No exterior, o dólar passou a subir ante algumas divisas de países emergentes, como o peso mexicano.

A continuidade da atuação discricionária do BC brasileiro, entretanto, segurava o movimento no mercado local. Nesta manhã, anunciou e vendeu integralmente um lote de até 40 mil novos swaps cambais, ou 2 bilhões de dólares. No começo da tarde, fez outro leilão do mesmo tamanho, vendido integralmente.

No fim da semana passada, o BC informou que injetaria 20 bilhões de dólares até esta sexta-feira por meio de swaps cambiais; até agora, foram 17 bilhões de dólares deste total.

O BC vendeu ainda a oferta integral de até 8.800 swaps cambiais tradicionais, equivalentes à venda futura de dólares, para rolagem, já somando 4,4 bilhões de dólares do total de 8,762 bilhões de dólares que vence em julho. Se mantiver esse volume até o final do mês, fará rolagem integral.

IQ Option Real Account – Supernova – Up to 92%* of profitability




Profitabiliy up to 92%* To join and get more tools To Trade Forex …

Dólar tem leve queda ante real com BC e à espera de Fed – Notícias


Por Claudia Violante

SÃO PAULO (Reuters) – O dólar tinha leve queda ante o real nesta quarta-feira após o Banco Central atuar mais forte no mercado, mas com os investidores mantendo a cautela antes da reunião de política monetária do Federal Reserve à espera de pistas sobre a trajetória dos juros nos Estados Unidos neste ano.

Às 12:11, o dólar recuava 0,17 por cento, a 3,7013 reais na venda, depois de cair 0,52 por cento na véspera. Na mínima do dia, a moeda norte-americana foi a 3,6877 reais e, na máxima, a 3,7222 reais. O dólar futuro recuava cerca de 0,5 por cento.

“Para esta reunião (do Fed), espera-se que a dissidência dê o tom da quantidade de movimentos (de juros) neste ano e, neste ponto, o BC se mantém atento, inclusive com a atuação mais forte no câmbio”, escreveu o economista-chefe da gestora Infinity Asset, Jason Vieira.

As apostas são de que o Fed elevará sua taxa de juros nesta tarde pela segunda vez neste ano. Mas os investidores estarão mais atentos ao comunicado da decisão e à entrevista que o chair da instituição, Jerome Powell, dará em seguida atrás de indicações sobre os próximos passos.

O mercado estava dividido entre três ou quatro altas de juros pelo Fed neste ano ao todo, em meio a sinais de melhor desempenho econômico que os Estados Unidos têm dado. Taxas mais altas têm potencial para atrair à maior economia do mundo recursos aplicados em outras praças financeiras.

A decisão do Fed será divulgada às 15h (horário de Brasília).

A ação do BC brasileiro nos mercados também dava o tom desta sessão. Na semana passada, o BC informou que injetaria 20 bilhões de dólares até esta sexta-feira por meio de novos swaps cambiais, além dos 750 milhões de dólares que já vinha ofertando diariamente, para dar liquidez ao mercado.

Nesta manhã, o BC já fez um leilão de 40 mil novos swaps, equivalentes à venda futura de dólares, vendidos integralmente. No início da tarde, anunciou outro leilão de 30 mil novos swaps, e também vendeu tudo. Neste mês até agora, já injetou 19,616 bilhões de dólares em novos swaps.

“Temos o suspense com a atuação do BC no câmbio via swaps”, escreveu a corretora H.Commcor em relatório. “Mais da metade do montante ficou guardada para este momento de Fed e eventuais efeitos do que conhecermos hoje”.

Também vendeu a oferta integral de até 8.800 swaps cambiais tradicionais para rolagem, já somando 3,960 bilhões de dólares do total de 8,762 bilhões de dólares que vence em julho. Se mantiver esse volume até o final do mês, fará rolagem integral.

Iq option 100% winning strategy 2018 || iq option best winning trick for real account




Iq option 100% winning strategy || best winning trick for real account | Always win in Binary Option.

IQOPTION REAL Withdrawal Proof 💵 – Binary Options




In this video i will show you a iqoption withdrawal an the best method… FREE IQOPTION DEMO ACCOUNT ➧