Dólar opera em alta, a R$ 3,77, com tensão comercial entre EUA e China – Economia


O dólar comercial operava em alta nesta terça-feira (19), diante do aumento das tensões comerciais entre Estados Unidos e China. Por volta das 9h15, a moeda norte-americana subia 0,88%, a R$ 3,773.

Na segunda-feira (18), o dólar terminou o dia em alta de 0,27%, cotado a R$ 3,74 na venda. 

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ameaçou impor tarifa de 10% sobre US$ 200 bilhões em bens chineses e Pequim alertou que irá retaliar, em um rápido agravamento do conflito comercial entre as duas maiores economias do mundo.

Leia também:

Atuação do BC

A expectativa é de que o Banco Central siga atuando no mercado por meio de swaps cambiais tradicionais –equivalentes à venda futura de dólares–, já que prometeu US$ 10 bilhões em novos contratos até sexta-feira (22) e injetou apenas US$ 1 bilhão na véspera.

(Com Reuters)

Bolsa opera em alta; ações da Petrobras sobem mais de 6% – Economia


Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, operava em alta nesta segunda-feira (4), influenciado pelo mercado externo e ajudado pela recuperação das ações da Petrobras.

Por volta das 11h30, o Ibovespa subia 1,1%, a 78.085,58 pontos. 

Leia também:

No mesmo horário, os papéis preferenciais da Petrobras (PETR4), com prioridade na distribuição de dividendos, avançavam 6,19%, a R$ 17,16, enquanto as ações ordinárias (PETR3), com direito a voto em assembleia, subiam 5,67%, a R$ 19,95.

Na última sexta-feira (1º), o presidente Michel Temer indicou Ivan Monteiro como novo presidente-executivo da companhia, no lugar a Pedro Parente, que pediu demissão. As ações da Petrobras fecharam em queda de mais de 14%.

Também por volta das 11h30, o dólar comercial operava em queda de 0,35%, a R$ 3,754.  

(Com Reuters)

Ibovespa opera em queda, enquanto dólar sobe – Notícias


O Ibovespa iniciou a sessão desta segunda-feira (5) em queda, seguindo o comportamento do mercado internacional. Por volta das 11h, o principal índice da B3 recuava 0,63%, aos 83.513 pontos.

Entre as maiores quedas, o destaque é Qualicorp ON (-3,06%).

Na ponta positiva, estão companhias consideradas defensivas, aquelas que tendem a ganhar num ambiente de alta do dólar. É o caso de Embraer ON (1,74%) e Braskem PNA (1,05%), além de CCR ON (1,46%).

No caso de Embraer, o noticiário sobre o avanço das negociações com a americana Boeing também contribui para a valorização do papel.

Dólar

O mercado brasileiro de câmbio volta a operar sob pressão nesta segunda-feira. Após iniciar os negócios perto da estabilidade, o dólar retoma a trajetória de alta. Às 11h08, a moeda era cotada a R$ 3,2296, com valorização de 0,46%. O dólar para março era negociado a R$ 3,2415, com alta de 0,43%.

Na máxima, a divisa subiu até R$ 3,2356, num avanço de 0,64%, aproximando-se do pico recente de R$ 3,2438 registrado há quase duas semanas, quando o mercado se prontificava, com operações mais defensivas, para o julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Diante da nova alta do dólar, o real ocupa um dos piores desempenhos diários entre as principais divisas globais.

A pressão de alta do dólar ainda é atribuída em boa parte ao exterior. Na última sexta-feira (2), os dados do relatório de empregos dos Estados Unidos intensificaram temores com o aumento da inflação americana e aperto monetário mais duro no país. Os ganhos salariais dos trabalhadores americanos, há meses circulando perto de 2,5% em um ano, aceleraram para a casa de 2,9%, a maior elevação desde junho de 2009.

O movimento do câmbio também se estende para os juros futuros. As taxas projetadas pelos contratos de Depósito Interfinanceiro (DI) operam em alta. O ritmo imposto, entretanto, é mais ameno. O DI janeiro de 2021 sobe a 8,960%, ante 8,920% no ajuste anterior.

Altcoin News – Bitcoin Price, European Union, South Korea Regulation and Taxing, Nordea Bank, Opera



This is Altcoin news, from the world of Cryptocurrency. We look at Peter Boockvar’s prediction saying that “I wouldn’t be surprised if over the next year it’s down to $1000 to $3000”….