Liberty Holdings, da África do Sul, sofre ataque cibernético – Notícias


Por Nqobile Dludla

JOHANESBURGO (Reuters) – A seguradora sul-africana Liberty Holdings disse neste domingo que se tornou vítima de um ataque cibernético depois que uma pessoa de fora da organização alegou ter recolhido dados da empresa e demandou pagamento.

Liberty, na qual o Standard Bank detém uma participação de 53 por cento, foi alertada sobre um acesso ilegal não autorizado à sua infraestrutura de TI na noite de quinta-feira, disse o executivo-chefe do grupo, David Munro, em uma coletiva de imprensa neste domingo.

Liberty conversou com o autor do pedido para determinar a sua intenção, mas não fez concessões “diante de sua tentativa de extorsão”, disse Munro.

Como parte de uma investigação em andamento, a Liberty identificou e encaminhou a solução de vulnerabilidades específicas que podiam haver em sua infraestrutura de TI para proteger dados de clientes, disse ele. A seguradora alertou autoridades relevantes.

“Liberty está em um estágio avançado de investigação sobre a extensão do ataque aos dados, que neste estágio parece estar largamente centrado em emails e possivelmente anexos”, disse Munro.

“Para deixar claro, neste estágio não há evidência de que qualquer de nossos clientes tenha sofrido alguma perda financeira.”

Banco Central da África do Sul divulga resultados impressionantes de sua blockchain: “de 1-2 segundos para cada transação”


O banco central da África do Sul anunciou o que pode ser considerado um resultado surpreendente para um teste do seu sistema baseado em blockchain para compensação e liquidação interbancária.

De acordo com um comunicado divulgado na terça-feira, o Banco de Reserva da África do Sul (SARB) concluiu uma prova de conceito “realista” de 14 semanas que conseguiu liquidar as típicas 70.000 transações de pagamento diárias em duas horas, levando uma média de 1-2 segundos para cada transação – e tudo isso preservando o anonimato completo.

Com base em um relatório detalhado publicado pelo SARB na terça-feira, o piloto viu a participação de membros de um consórcio de bancos, incluindo o Absa, Capitec, Discovery Bank, FirstRand, Investec, Nedbank e Standard Bank.

Ainda assim, o SARB afirmou no relatório que o sucesso de sua prova de conceito não significa que ele pretende substituir o sistema de liquidação bruta em tempo real (RTGS) existente por uma implementação de blockchain ao vivo. Para isso, mais estudos são necessários, disse o banco central, e sistemas regulatórios e de conformidade relevantes precisariam estar em vigor.

O banco disse no relatório:

“As principais considerações que precisam ser abordadas incluem a avaliação de estruturas de apoio e outros sistemas que se integram ao sistema LBTR, bem como os fatores legais, regulatórios e de conformidade. … Um sistema de pagamentos totalmente baseado em DLT não está planejado atualmente na África do Sul.”

A SARB também anunciou pela primeira vez o teste do projeto, batizado de Khokha, em fevereiro, em parceria com a ConsenSys, startup ethereum. A plataforma de pagamento é construída sobre o Quorum, a plataforma de blockchain da empresa desenvolvida pelo banco de investimento JPMorgan.

Criptobilionário da lista da Forbes Matthew Mellon morreu

Segundo o site Associated Press o herdeiro da família dos banqueiros americanos, empresário e participante da primeira lista das pessoas mais ricas do ramo de criptomoedas da versão Forbes, Matthew Mellon…


Repressão da China faz preço do Bitcoin oscilar

O banco central da China disse que queria investigar a manipulação de mercado, lavagem de dinheiro e financiamento não autorizado. Exchanges chinesas da moeda digital viram o preço do Bitcoin cair mais…


Bitcoin Exchange Paxful reconhece a oportunidade Cryptocurrency oferece África



A economia da África foi severamente atingida por muitos fatores ao longo dos anos. No entanto, as plataformas de financiamento P2P, como a Paxful, reconhecem a oportunidade que a criptomoeda oferece à África. A história do continente africano nos últimos séculos não tem sido exatamente efervescente. O colonialismo, a escassez maciça de alimentos, a disseminação de várias doenças virulentas, conflitos armados e economias instáveis ​​foram elementos que moldaram o desenvolvimento contínuo da África. Ainda um novo econômico e
Leia Mais
O pós Bitcoin Exchange Paxful Reconhece o Opportunity Cryptocurrency Offers Africa apareceu em primeiro lugar no Bitcoinist.com.