Dólar firma queda ante real após nova atuação do BC – Notícias


Por Claudia Violante

SÃO PAULO (Reuters) – O dólar firmou trajetória de baixa e operava perto do patamar de 3,75 reais após o Banco Central intensificar sua atuação no mercado de câmbio nesta quinta-feira.

Até esta tarde, a moeda norte-americana era negociada com leves variações, em meio a preocupações com o exterior e com o mercado de olho na cena política local.

Às 16:28, o dólar recuava 0,39 por cento, a 3,7678 reais na venda, depois de subir 1 por cento na véspera. Na máxima deste pregão, a moeda norte-americana foi a 3,8046 reais e, na mínima, a 3,7534 reais.

O dólar futuro tinha baixa de cerca de 0,15 por cento.

“O BC não está deixando a moeda ir além dos 3,80 reais”, afirmou o gerente da mesa de câmbio do banco Ourinvest, Bruno Foresti.

Pela manhã, quando o dólar chegou ao patamar de 3,80 reais, a autoridade monetária ofertou e vendeu integralmente 20 mil novos swaps cambiais, equivalentes à venda futura de dólares, o que reduziu o movimento de alta da moeda norte-americana naquele momento.

Durante a tarde, no entanto, o dólar voltou a subir e o BC fez o segundo leilão, com as mesmas condições e resultados do primeiro. Com isso, já injetou o equivalente a 4 bilhões de dólares em swaps, do total de 10 bilhões de dólares prometido para esta semana.

O BC também realizou leilão de até 8.800 swaps para rolagem do vencimento de julho, vendidos integralmente. Assim, já rolou 6,6 bilhões de dólares do total de 8,762 bilhões de dólares que vence no mês que vem. Se mantiver e vender esse volume até o final do mês, fará rolagem integral.

Entre os dias 8 e 15 passados, o BC já havia feito leilões de novos swaps, equivalentes a 24,5 bilhões de dólares, para tentar acalmar os mercados diante de preocupações com a cena externa e política local, a poucos meses das eleições de outubro.

“Acho que ele deveria deixar o câmbio flutuar um pouco. Espero que anuncie apenas que vai atuar no mercado cambial quando necessário”, acrescentou Foresti, para quem o efeito surpresa poderia ter mais efeito sobre o mercado.

A opinião é compartilhada por outros especialistas, que avaliam que o mercado esteve mais racional nesta semana e o BC apenas deveria reforçar que seguirá monitorando as condições, sem anunciar previamente o volume das intervenções que pretende fazer.

Durante a sessão, além do exterior, o mercado também monitorava o cenário político doméstico, diante da dificuldade de candidatos que considerem mais comprometidos com o ajuste fiscal de subirem nas pesquisas de intenção de voto.

Outra preocupação era o julgamento no Supremo Tribunal Federal (STF) que pode colocar em liberdade o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, marcado para o dia 26. Nessa situação, ele seria um forte cabo eleitoral, podendo favorecer a disputa de candidatos que menos agradam aos investidores.

No mercado externo, o dólar operava em queda ante uma cesta de moedas e também ante divisas de países emergentes

Bithumb Hack Investors reembolsado | US $ 30 milhões a serem devolvidos


 Bithumb hackear investidores reembolsados ​​

Bithumb hackear investidores reembolsados: Outra semana, outro hack de troca de criptografia. Na segunda-feira passada, 11 de junho, o mundo acordou com as notícias do Coinrail hack . Nesta semana, outra bolsa sul-coreana também foi hackeada. Desta vez, foi Bithumb. No hack Bithumb, cerca de US $ 30 milhões em ativos digitais foram roubados.

Não se preocupe, no entanto – Bithumb confirmou que os investidores serão totalmente compensados.

Bithumb Hack: Como desceu

Em 20 de junho, Bithumb postou na mídia social que a troca de criptografia havia sido hackeada com a quantia perdida totalizando US $ 30 milhões. Claro, isso causou pânico imediato na esfera da criptografia.

Antes que o medo pudesse se espalhar, no entanto, o Bithumb retirou sua declaração logo após ser liberado. Este plano saiu pela culatra, pois Bithumb excluiu sua declaração sem fornecer nenhum esclarecimento sobre o assunto, fazendo com que o público ficasse mais chateado e em pânico.

A razão para a retratação, segundo um porta-voz da Bithumb, é que a empresa precisava concluir investigação sobre a violação em primeiro lugar. Depois disso, o público poderia ser informado

Isso é exatamente o que aconteceu hoje, 21 de junho.

Hoje, Bithumb confirmou que um hack aconteceu, e um total de US $ 30 milhões foram perdidos. Embora a quantia perdida seja severa, os desenvolvedores e a equipe de segurança da Bithumb já estão com a cintura no processo de recuperação de ativos de clientes que foram roubados. Bithumb está trabalhando com a KISA para recuperar alguns dos fundos que foram roubados.

Isso poderia ter sido muito pior. Bithumb poderia ter estado atrasado em relatar o incidente, o que significa que partes dos fundos poderiam ter sido irrecuperáveis ​​até então. Além disso, Bithumb (embora isso teria provocado protestos públicos) poderia ter escolhido não compensar os investidores pelas perdas.

Bithumb postou duas declarações sobre compensação, com uma dizendo “a quantidade de dano que ocorreu desta vez será totalmente coberto pelo próprio fundo da empresa do Bithumb. ”

Então, no Twitter, a troca de criptografia escreveu:

O Takeaway Hack Hack

A invasão de trocas de criptografia não é nova. Muitos foram vítimas, enquanto outros aguardam a sua vez. E quando se trata de todas as trocas, o desafio é proteger os fundos dos usuários. É por isso que é tão sério quando ocorre um hack de troca de criptografia.

Felizmente, o hack Bithumb foi resolvido rapidamente e uma solução está a caminho. A quantidade perdida ainda é ruim, mas espero que, Bithumb será capaz de aprender com isso e talvez adicionar recursos de segurança adicionais.

>> Charlie Lee fala Bithumb Hack, Bitcoin Price e Lightning Network [19659003] Imagem destacada: Facebook

Se você gostou deste artigo Clique para compartilhar [19659028]

Você viu? Criptomoedas em propaganda da Ford



Todo mundo sabe que as criptomoedas são um sucesso, mesmo após as recentes baixas no preço das criptos elas continuam chamando atenção agora não só dos cripto-entusiastas, mas também dos profissionais de propaganda de grandes empresas como a Ford.

No Youtube já está chato, quase todos os vídeos tem uma propaganda sobre criptomoedas, com algum segredo ultra secreto que irá mostrar como se tornar o próximo milionário investindo no próximo “Bitcoin”.

Mas agora as propagandas com criptomoedas começaram a aparecer na grande mídia e quem saiu na frente foi a Ford, que visando atingir um público jovem entusiasmado com a alta das criptomoedas, que passaram a procurar outros investimentos após a recente baixa do mercado, a Ford em sua propaganda destacou um beneficio das criptomoedas, as taxas e foi esse um dos focos da propaganda, destacando que ao comprar o automóvel em questão, no caso o Ford KA o comprador terá zero taxa.

Veja abaixo a propaganda da Ford:

Estamos ansiosos esperando se a próxima propaganda da Ford vai abordar o tema das criptomoedas.

Guia do Bitcoin

Previous:

Waves é listada na Huobi

Postado em junho 21, 2018

LocalMonero: A plataforma de venda P2P da criptomoeda Monero

Após uma semana do lançamento da LocalMonero.co e os compradores e vendedores da criptomoeda voltada para a privacidade, já negociaram monero em muitos países ao redor do mundo. A monero (XMR) é agora mais…


Stellar compra corrente por "US $ 500 milhões" – mas as suspeitas de insider trading permanecem



Notícias de que a Stellar está em negociações para comprar a startup de financiamento blockchain A Chain deu novo peso às acusações de que o administrador de fundos de investimentos Ari Paul conduziu negociações com informação privada. Relatório: Decisão de Segurança da XLM 'Bad News' Para Paul As Fortune informou em 20 de junho, o acordo entre as duas empresas é estimado em cerca de US $ 500 milhões – que serão transferidos em tokens de lúmen da Stellar (XLM). “Uma fonte familiarizada com o negócio disse que é
Leia mais
O post Stellar compra corrente por“ US $ 500 milhões ”- Mas suspeitas de insider trading aparecem em primeiro lugar no Bitcoinist.com.

Predict for Sure & Confirmed Reversals | IQ Option Expert




It’s really very simple to find out the confirmed reversal ends with two traditional indicators, the things to note is to enter to the trade at the right moment.

Cointelegraph lança plataforma de listagens de empregos para o Blockchain, Crypto Industries


Hoje, 21 de junho, a Cointelegraph está lançando uma plataforma de listagens para oportunidades de trabalho específicas de blockchain e criptografia.

Os usuários podem pesquisar vagas nas indústrias de criptografia e blockchain globalmente, usando parâmetros de categoria e palavras-chave

As empresas também podem publicar listagens para encontrar os candidatos mais competitivos para suas necessidades.

A Cointelegraph espera que o serviço encoraje novas e valiosas conexões em uma indústria emergente que está vendo aumentar o investimento

e crescimento

O serviço está atualmente em versão beta, deixe os criadores saberem o que você pensa em jobs@cointelegraph.com

.

A polêmica do bloco gênesis do Bitcoin


Uma polêmica interessante começou a se discutida no Twitter hoje, envolvendo o bloco gênesis do Bitcoin. A cada 10 minutos, um bloco contendo um grupo de transações é confirmado e adicionado à rede, tomando como base o bloco anterior. Contudo, foi preciso que um bloco inicial começasse essa sequência. E foi justamente em 3 de janeiro de 2009 que Satoshi Nakamoto começou a primeira moeda descentralizada da história, criando o bloco gênesis.

Cada bloco possui um número especial, e o do bloco gênesis é #00000000000000000021e800c1e8df51b22c1588e5a624bea17e9faa34b2dc4a

Algumas coisas nessa hash chamam a atenção dos fãs de Bitcoin. Grandes figuras já comentaram o assunto, e uma espécie de teoria da conspiração se formou em torno dele. Figuras como Jimmy Song e Emin Gun Sirer já descartaram o tema como bobagem e coincidência, mas muitos ainda especulam sobre o que está por trás dessa sequência de números e letras.

A polêmica

O primeiro ponto se refere ao número de zeros no começo do número. Cada hash precisa ter um número específico de 0s na sua frente, para garantir a dificuldade da mineração proof-of-work. Só que o bloco Genesis contém dois 0s a mais do que o necessário para um bloco ser confirmado em um período tão inicial do Bitcoin. Cada 0 a mais que o computador deve achar aumenta exponencialmente a dificuldade do hash, e não faria sentido colocar mais dois sem motivo na frente.

Importante também seria a sequência de números “21e800”, representando a famosa “teoria de tudo”. Esse conceito vem da física, na qual os cientistas procuram uma teoria que explicaria todas as interações fundamentais do universo – frequentemente é representada como “Teoria E8”. Além disso, á claro, o 21 seria uma referência ao número máximo de moedas: o código do Bitcoin prevê a emissão de 21 milhões de unidades. Alguns usuários sugeriram que 21⁸ representaria o número máximo de Bitcoins. Isso, contudo, é claramente falso, já que 21 milhões é representado por 21⁶.

Outro aspecto da polêmica é o tempo que Satoshi levou para minera o segundo bloco do blockchain. Foram 6 dias, o que sugere um paralelo entre o tempo que Deus levou para criar o Universo, de acordo com a tradição cristã mostrada no livro de Gênesis.

Conclusão

Alguns usuários no Twitter apontaram que “21e800” é apenas uma coincidência. Essa sequência particular de números e letras deveria aparecer mais ou menos uma vez por ano nos blocos. Até hoje, 8 blocos começam com essa sequência, exatamente da mesma forma que o bloco gênesis. O famoso acadêmico do blockchain Emin Gun Sirer chamou todas as especulações em torno de assunto de “astrologia no blockchain”. Jimmy Song, desenvolvedor famoso no meio, afirmou que ver alguma conspiração nesses números é como ver algum significado especial na foto tirada da lua, abaixo.

Conheça o Mercado Bitcoin, maior corretora de criptomoedas da América Latina

—————————————————————————————————————————

Marco Antongiovanni é Analista de Mercado de Criptomoedas no Mercado Bitcoin. Formado em Administração pela Fundação Getúlio Vargas e cursando Direito na USP. Entusiasta das criptomoedas e hodler desde 2014.

—————————————————————————————————————————

A polêmica do bloco gênesis do Bitcoin

5 (1 voto)




Presidente cubano quer correr riscos para agilizar investimentos estrangeiros – Notícias


Havana, 21 jun (EFE).- O presidente de Cuba, Miguel Díaz-Canel, pediu a seu governo que “corra riscos” e insistiu em “dar um impulso maior aos investimentos estrangeiros” para garantir o desenvolvimento econômico do país, cujas finanças atravessam um momento complicado.

“É preciso ser criativo e correr riscos, sem afetar a nossa soberania”, indicou o presidente durante uma reunião do Conselho de Ministros realizada no início desta semana, a terceira que ele lidera desde sua chegada ao poder em abril, segundo publicaram nesta quinta-feira os veículos de imprensa estatais da ilha.

O principal órgão executivo e administrativo de Cuba decidiu que supervisionará a cada mês, caso por caso, “as exportações e os negócios com investimentos estrangeiros, assim como a gestão e execução dos créditos vindos do exterior”, diz o relatório oficial da reunião.

Assim, o governo cubano quer enfrentar os impedimentos burocráticos e legais que dificultam ou impedem os investimentos estrangeiros e que desincentivam os potenciais investidores, segundo reconheceram reiteradamente as autoridades da ilha.

Para o seu desenvolvimento econômico, Cuba necessita atrair anualmente cerca de US$ 2,5 bilhões em investimentos estrangeiros diretos, principalmente em 15 setores-chave como o industrial, o agroalimentar, o turismo, a mineração, a biotecnologia, o petróleo e as energias renováveis, segundo estimativas oficiais.

Os ministros também avaliaram em sua reunião os resultados econômicos do primeiro trimestre, assim como a situação atual do orçamento, as exportações e os créditos externos.

Embora estime um desempenho “aceitável” da economia cubana, o Conselho advertiu sobre os lastros para seu rendimento, desde o embargo dos EUA até “fatores de caráter subjetivo e organizacional que limitam as exportações, o uso dos créditos e a atração de investimentos estrangeiros”.

A Política para o Investimento Estrangeiro, aprovada em 2014, impôs um novo marco regulador que permitiu aumentar os investimentos com capital vindo de fora do país.

No entanto, o Conselho de Ministros alertou em sua reunião desta semana de que os investimentos estrangeiros ainda têm “um peso muito baixo” em relação ao total de investimentos (estatais) de Cuba.

A carteira de negócios cubanos para capital estrangeiro inclui – em sua quarta versão atualizada – 456 projetos por um montante superior a US$ 10,7 bilhões.

Muitos desses projetos são oferecidos dentro da Zona Especial de Desenvolvimento de Mariel (ZEDM), o programa mais ambicioso do país caribenho para atrair capital estrangeiro e que oferece condições fiscais e trabalhistas vantajosas para empresas do exterior.

Com este centro empresarial e porto mercante situado 45 quilômetros ao leste de Havana, Cuba assegurou mais de US$ 1,191 bilhão desde a sua apresentação oficial em 2013.

Quanto aos investimentos em nível nacional, Díaz-Canel enfatizou a necessidade de priorizar os que têm “impacto produtivo”, como os relacionados com o turismo e a indústria alimentícia e para melhorar a produção agrícola.

O Conselho de Ministros também avaliou, sem oferecer números concretos, que no primeiro trimestre do ano foram registrados “aumentos moderados no setor de construção e comércio” e “realizações favoráveis nas principais produções agrícolas”, bem como avanços no setor turístico, ao ultrapassar o número de 2 milhões de visitantes.